Chip para aumentar a potência do motor

Esse tipo de modificação traz vantagens a uma ínfima parcela de motoristas, mas mais malefícios que benefícios para a grandíssima maioria dos motoristas. A fábrica, ao desenvolver um motor, explora o máximo de desempenho, economia e durabilidade, criando um ponto de equilíbrio entre esses três itens.

Através do remapeamento do programa da injeção, os mecânicos preparadores prometem fazer com que o motor entregue 5, 7, até 10% a mais de potência. Ocorre que essa harmonia está sendo quebrada – freqüentemente também alteram o ponto de rotação máxima (de corte de ignição), fazendo o motor atingir altíssima rotação, perigosa em termos de temperatura, lubrificação e integridade física. Além de o motor estar mais vulnerável a excessos e conseqüentes quebras, as curvas de torque (força) e potência também são alteradas, e normalmente os valores máximos aparecerão em rotação mais alta, dificultando a condução cotidiana, corriqueira, pacata (como subir a rampa de uma garagem, por exemplo).

O consumo geralmente piora, e o excesso de combustível e/ou a queima incompleta podem comprometer itens caros como o catalisador.



 
 

Veja como Autodo pode auxiliar você a encontrar a melhor opção

Encontre o carro ideal com nossa assessoria personalizada


Descubra o que Autodo pode fazer por você e pelo seu carro

Submeta seu carro a nossos cuidados e você se surpreenderá

Copyright © AUTODO. Todos os direitos reservados